3 de jan de 2006

PonT ou encruzilhada

 
Raul Pont perdeu as eleições passadas, deixando Porto Alegre às mãos dos socialistas do dinheiro público. O PPS ganhou do PT pois mesmo um poste ganharia. Não porque o PT fez mal à Porto Alegre, nem porque Raul Pont tinha sido mau prefeito. Tudo ao contrário. Mas aí acontece um governo Lula, com os lulistas autistas esbofeteando a inteligência dos eleitores. E ainda nem tinha aparecido o lulão, digo mensalão.
O pior do mensalão não foi o mensalão em si, que existiu para comprar a reeleição, para vender as estatais ( no "limite da irresponsabilidade", usando do "meu, do seu, do nosso dinheiro") e existirá enquanto não houver um reforma política verdadeira. (Isto é, não haverá!) O pior foi saber que o Governo Lula e seus petistas amestrados compraram votos para aprovar a taxação dos inativos e tirar os direitos dos servidores públicos exatamente daqueles que sempre haviam propugnado exatamente isso, e que o PT havia combatido.
Raul Pont foi, até aqui, muito discreto em desancar o lulismo autista. Se começar agora, para ter consequencia, só negando legenda a Lula. Se o PT quer sobreviver com dignidade deverá expulsar Lula e todos os que compactuaram com ele. Poderia começar por aqui, mandando logo Tarso Genro de volta ao PMDB, de onde não deveria ter saído. Tarso existe porque Olívio ganhou em 1988 e governou bem a cidade. Conseguiu se eleger encima dos méritos do Olívio. Nunca mais Tarso ganhou algo, mas soube prejudicar Olívio uma barbaridade.
Raul pode ser a PonT para sanear o PT. Se quiser... Para isso terá de expulsar Tarso e negar legenda a Lula e asseclas.


 Posted by Picasa