10 de nov de 2004

O PT Vencedor

O PT foi varrido do centro para a periferia. Perdeu nos grandes centros e foi se alojar nas grotas. Quando disse que o PT se hospedou nos grotões da Arena, fui duramente contestado. Que não era verdade, pois havia ganho em grandes capitais do Norte e Nordeste. Pois repito o que disse então: lá o PT que ganhou é PT da véspera. Muitos deles antes pertenciam à velharquia (Vide Flamarion Portela, governador do new PT cassado), e bandearam-se de mala e cuia para o oportunismo. Não têm tradição ideológica nem prática democrática.
O PT do Sul que sobrou atende por Tarso Genro, um Quinta Coluna de primeira!
Até agora, Tarso fez mais contra do que a favor do PT (Comprou a pesquisa que o colocava como único petista em condições de derrotar Antonio Britto. Acabou derrotado por um poste). Seu comportamento aético, sinuoso como enquia ensaboada, torpedeia quem se atravessa no caminho sem dó nem piedade. Armado dem um pragmatismo tosco e usando de meia dúzia de conceitos abstratos, enrola um sociologês de centro acadêmico de escola pilatrópica. Mas dispõe do suficiente para alçá-lo a Ministro da Educação. Até aí, nada demais, Delfim Neto e Carlos Alberto Chiarelli também foram...
Agora vem a notícia que o prefeito de Macapá, João Henrique Pimentel (PT), foi preso apontado como integrante de uma quadrilha que desviou cerca de R$ 103 milhões em recursos federais.
Como diria minha avó, o exemplo vem de cima. Se o fisiologismo campeia solto no Planalto e no Congresso, comandados pelos deslumbrados petistas, na planície a boiada vai pastando no mesmo rumo.
Este é o New PT, aquele que saiu vencedor nas urnas!

Nenhum comentário: