5 de jan de 2010

Jornalismo de Alguel

Ávida por todos os lados, a RBS usa Zero Hora para fazer merchandising. Funciona assim, num dia atende seus financiadores ideológicos e critica Chavez, no outro aluga espaço para mesmos venderem seus produtos. Nesta terça, 05/01/2010, ZH veio embalada numa coca: Coca Light dá lugar a versão vitaminada Um detetive de nome Caio Cigana, do alto de seu faro, abre o cavalo-de-tróia: "Está desvendado o enigma do sumiço da Coca-Cola Light". A Pantera-Cor-de- Rosa dos pampas, descobre a "resposta para o mistério" no início do segundo parágrafo: "estratégia mundial da companhia"! É que se poderia chamar de repórter kamikaze.
- Meu pai sempre dizia, quem se vende já recebe mais do vale.
Pois não é que a entrada triunfal no jornalismo da RBS cai bem ao pimpolho: Caio. Servido e servindo-se de papel de embrulho, Cigana pensa ter ganhou a mega sena acumulada, pensando que os fins justificam os meios.
A outra manchete parecia anunciar um remake da Guerra dos Mundos, na visão guasca: A escalação do Planeta. Pensei cá com meu botões, ou será um novo filme, ou mais um time para o gauchão que se aproxima. Fui ver a escalação é só tem perna-de-pau. Gravei mesmo foi a chave de ouro: "O Planeta Atlântida tem patrocínio de Pepsi, Nova Schin, Renner, Vivo e Dakota."
Todos os anos a mesma márcara de hipocrisia ganho espaço na RBS. Todos os veículos do grupo se lixam para nosso direito constitucional de acesso à informação com qualidade para fomentarem o consumo de álcool.
Matéria do JB de ontem, afirma que Acidentes deixam 455 mortos nas rodovias federais durante feriados. O álcool fez parte da escalação da tragédia.
Álcool e coca, dentre outros males da RBS são!

Nenhum comentário: