3 de jan de 2010

O Nariz dos Sirotsky

No jornalismo chamam nariz de cera aquela conversa fiada introdutória que, no fundo, escamoteia as reais intenções. Um texto típico dos salafrários da RBS saiu neste domingo, 03/01/2009, no pasquim do grupo Com ajuda do inimigo. Elucidativo é a chave de ouro: "– Hoje, é muito custoso no país discordar do presidente Uribe." De fato, na Colômbia, quem discorda de Uribe paga um custo muito alto. Talvez por isso, mesmo distante, a RBS acaba concordando com ele...
E para não deixar dúvida de onde vem o otimismo, a RBS escancara:- ataque militar! São as origens que não deixam o grupo RBS esquecer de onde vem sua força.
Esse pessoal da RBS deve estar consumindo de graça o principal produto colombiano. E, na deteriorização do original, vai um nariz de cera mesmo...
Aí eu vou para os jornais colombianos e não encontro o mesmo apoio. Sem o mesmo entusiasmo da RBS, os jornais colombianos preferem registrar as mortes violentas neste início de ano, como o Q'hubo de Medellin.
Ao contrário da RBS, o cotidano El Tiempo de Bogotá preferiu se preocupar, em editorial, com a qualidade da democracia no ano eleitoral de 2010.El Tiempo.

Nenhum comentário: