15 de out de 2004

O combustível do Pont

Marilena Chaui, na revista CULT, falando da Rede Globo: "Essa eu não vejo porque me encergonho. Nem o Diário Oficial da União nem os jornais do PT são tão governistas quanto a Globo."
Nos tempos de Delfim Neto, sempre que acontecia alguma notícia para os militares, lá vinha o indefectível, na Rede Globo, anunciar a descoberta de mais um lençol de petróleo na Bacia de Campos. A hipocrisia era tanta que o Millôr se perguntava pelas conseqüências. Afinal, o problema já não era mais petróleo mas quem fabricaria tantos barris para armazenar tanto petróleo?
Como no soneto do Camões, mudam os tempos, mudam-se as vontades, mas já não se muda com soía. A Petrobras continua aumentando a produção, a ponto de o governo declarar que até o final do ano seríamos auto suficientes. Vejo, inclusive, que o dólar caiu. Isto é, o real valorizou-se frente ao dólar.
Mas eis senão quando vem o governo e anuncia aumento dos combustíveis! Teria ele intenção de usar este dinheiro para financiar o segundo turno da banda petista?
Sei não, mas desse jeito nem a Globo salva o Raul. Até um poste ganha do Pont.

Nenhum comentário: