14 de jun de 2004

Discurso de Alexandre Magno, em Opis (Babilônia)

Começo aqui a tradução do exemplar Discursos de Alexandre Magno perante suas tropas, depois de ter levado seu Império até o Mar da Índia:
Não é para sufocar em vocês o desejo que sentis de voltar para casa, macedônios, que vou falar agora, mas, pelo que me diz respeito, podeis ir-vos cada um onde quiseres; senão que faço para que fique claro vosso comportamento nesta nossa marcha comum.
Diante disso, começarei minhas palavras referindo-me, como é natural, a Felipe, meu pai. Com efeito, Felipe encontrou-vos quando éreis vagabundos indigentes: muitos de vocês, mal vestidos com peles gastas, éreis pastores de umas poucas cabras pelos montes, cabras que tínheis que guardar ( e nem sempre com êxito) dos ilírios, tribalos e de vossos vizinhos trácios.
Foi Felipe quem oportunizou vossas primeiras vestimentas em troca das toscas peles, e os fez descer dos montes para a planície, elevou-vos à altura de pelear com vossos vizinhos bárbaros, de sorte que podíeis viver seguros, não tanto quanto em vossas fortalezas nas montanhas, mas por vossos próprios méritos.
Levou-vos a viver nas cidadelas e vos proporcionou leis e costumes de todo úteis.
E vos deu o poder de mando sobre os povos bárbaros (pelos quais antes estáveis dominados e a quem vivíeis submetidos, vocês e vossos bens), fazendo-vos donos em vez de seus escravos e vassalos; anexou a maior parte da Trácia à Macedônia e, apoderando-se dos melhores assentamentos da zona costeira, atraiu o comércio para a região, possibilitando-vos trabalhar com segurança nas minas de metais.
Os fez donos da Tessália, de cujos habitantes desde tempos imemoriais estáveis mortos de medo; humilhou os focenses e, em nosso próprio benefício, fez largo e cômodo o caminho que conduz à Grécia, no lugar de estreito e intransitável como era.
Derrotou atenienses e tebanos (que deste sempre procuravam o melhor momento para acabar com a Macedônia) de tal modo que, em vez de pagar tributos a Atenas e viver submissos aos tebanos, são eles que têm de nos solicitar, por sua vez, para seguir vivendo em segurança (política de meu pai, da qual nós agora somos seus herdeiros).
Passou, em seguida, ao Peloponeso, onde também impôs a ordem, e quando foi designado Comandante de toda Grécia com plenos poderes para organizar a expedição contra os persas, conseguiu nova reputação não somente para si mesmo, senão especialmente para a comunidade macedônica.
Todas estas façanhas de meu pai feitas em vosso proveito eram grandiosas em si mesmas, embora pequenas, desde logo, se comparadas com as nossas. Eu herdei de meu pai tão somente umas poucas taças de ouro e prata, e não chegavam a sessenta talentos de seu tesouro; por outro lado, suas dívidas montavam a quinhentos talentos; pois bem, sobre elas tomei emprestado outros oitocentos talentos, e saí de este país que a duras penas podia inclusive alimentar-vos, e em segui os deixei livre a passagem pelo Helesponto apesar de que por aquele tempo eram os persas os donos do mar.

Continua...

Nenhum comentário: