28 de jun de 2004

A Oportunidade

Uma batalha não a guerra, mas diz muito sobre os envolvidos. A batalha petista, com lances de fisiologismo explícito no Congresso, foi uma vitória de Pirro, pois, como Pirro, pode proclamar: "Com mais uma vitória como esta estarei perdido."
Lula e entourage sabem que o gato não só subiu no telhado como só não caiu porque está com a patinha presa na telha. Qual ventinho vira tempestade.
A situação, que vai se afunilando conforme o tempo vai passando, está como aquela de Atenas após a batalha de Queronéia, resumida assim por um dos estrategos:
"Se tivéssemos perdido, estamos perdidos." Nem a vitória os salvava, posto que se mantinha apenas uma situação insustentável, a decadência generalizada da classe dirigente provocada pela promiscuosidade dos estrategas.

Nenhum comentário: