27 de jun de 2004

Transgênicos

Assim como o chimarrão e o churrasco, os transgênicos estão dentre as coisas tipicamente gaúchas. Recebe do coronelismo eletrônico, associado ao coronelismo agrário, a benção e a divulgação para tornar uma mentira uma verdade. Ao estilo Goebbels. Lá como cá, a mentira tem pernas curtas.
Os olhos amendoados dos chineses não impedem a visão e seu senso de saúde, milenar, não descura sequer com um grão de soja. A vanguarda do atraso, da Campanha, Coxilhas e Torres de TV, pretendiam enganar os chineses misturando soja boa com soja transgênicas. Prejudicaram os que produziam soja boa, lançou lama sobre a honestidade de todos os brasileiros diante dos chineses, e botaram os gaúchos como seres abjetos que misturam veneno com comida.
O coronelismo eletrônico, que deveria exercer seu papel informativo, continuou seu método manipulativo e ajudou a fraudar a verdade.
Para dar clima globalizado, o Governo Federal legitima a barbárie. Não bastasse o deputado Paulo Pimenta, petista de bolso e prontuário, fazer a defesa da sujeira, o Governo como um todo peca por omissão, certamente convencido por comi$$ão. A união da vanguarda do atraso do coronelismo gaúcho, com o atraso da vanguarda petista no Planalto só poderia resultar numa desinformação transgênica generalizada.

Nenhum comentário: